Novas regras da casa: xixi se faz sentado!

Eu sou a única menina da casa, o que por lado é ótimo, já que eu reino abslouta: the Queen Bee!

Mas por outro, ai ai, difícil viu?

A pior parte de ser a única menina, é o banheiro. Eu sou a única que faz xixi sentada. E pra piorar, eu sou a única que limpa os banheiros.

Homens crescidos já não são lá as criaturas mais cuidadosas na hora de esvaziar a bexiga. Meninos são piores. Muito piores.

Era sempre assim, se limpasse o banheiro numa tarde, à noite já estava fedendo. Respingos de xixi pelo chão, xixi escorrido por fora do vaso sanitário. Parecia um banheiro químico do carnaval em Salvador. Bom, pelo menos o da minha imaginação, porque nunca usei um banheiro químico, muito menos no carnaval em Salvador.

Os meninos, além de não terem a mira treinada, gostam de fazer xixi juntos – super divertido, né? Ficar cruzando jatos de xixi. Só que, noutro dia, nessa empolgação, sem querer, Nickito, eufórico, às gargalhadas, acabou mexendo um pouquinho e… o xixi foi parar na perna do irmão. E no chão. E no tapete. E na parede (!!!).

Foi demais pra mim. Fiquei azeda! Rodei a baiana, desci o morro de tamanco e com a lata d’água na cabeça e defini: Nesta casa não se faz mais xixi em pé! Quer fazer xixi, senta! E empurra o instrumento pra baixo pra garantir que não vai haver lambança. Xixi em pé é obrigatório na rua, mas em casa, from now on, é obrigatório sentado!

E querem saber? Essa questão do xixi em pé é cultural. Aqui na Austrália é muito comum homens fazerem xixi sentados. Qual o problema?

Mas, claro, meu drama não terminou por aí…

Dias depois, Vivi, coitado, foi fazer o xixizinho dele sentadinho, mas esqueceu de posicionar o instrumento pra baixo. Resultado? Xixi no chão, xixi na parede, xixi na roupa, xixi everywhere – menos dentro do vaso. Só há uma explicação: eu mereço.

Ah, mas tem mais…

Na noite seguinte, uma hora após o Vivi sair do banho, fui dar banho no Nick. Enquanto ele fazia o xixizinho dele no vaso, sentadinho bonitinho, abri a porta do box para ligar o chuveiro. Gente, o bafo de xixi que veio em cima de mim foi tão forte, tão intenso, que ardeu minhas narinas. O box, que havia sido limpo (por mim, claro) não fazia nem dois dias, estava impraticável.

“VINICIUS DIAS PALMEIRA!!!!! VOCÊ FEZ XIXI NO BOX?!?!?!?”

Vivi: eu não!

(ele sempre nega de primeira)

Eu: como não, Vivi? Você foi u último que tomou banho!

V: tá, fui eu…. mas o papai sempre diz pra eu fazer aí mesmo…

E: Vinicius do céu, e eu, o que eu SEMRPE te digo????

V: que é pra fazer no vaso…

E: então, meu Deus do Céu!!! POR QUÊ????

V: Desculpa…

E: (ainda revoltada) Abre agora a porta do box pra você sentir o drama!

O rapaz abriu, deu uma meia inspirada e quase caiu pra trás. “Disgusting!!!!!”, ele gritou.

Pois bem, dessa vez não era exagero meu.

Aí, lá vou eu, às 9 da noite esfregar o banheiro revoltada (2 vezes, porque da primeira não saiu a inhaca toda).

Gente, não é possível que a pessoa não consiga usar o vaso pra fazer xixi (sentado) antes de tomar banho. Não é tão complicado assim. Tá ali do lado, pô! Revoltante.

Sabe qual seria uma excelente solução? Os 3 só usarem um banheiro (e ficarem responsáveis pela limpeza e manutenção) + eu ter um banheiro só pra mim + deixar o terceiro banheiro para  uso exclusivo das visitas. Seria perfeito, né? Pena que esta solução reside apenas no meu imaginário…

Um beijo pra você que acha que minha vida aqui “no estrangeiro” é puro glamour 😛

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s