Férias na Itália – primeiro destino: Toscana (mas antes, uma parada em Biot para dar uma quebrada nas horas infinitas de estrada)

p1010092

Ontem foi nosso bota-for a de Barcelona. Fizemos nosso jantar de despedida no Alsur Café, um dos meus cafés favoritos aqui. Adoro como os pratos vem sempre lindos e me permitem comer antes com os olhos 🙂

Como passamos o dia por conta da arrumação de malas, acabamos saindo pra jantar tarde, por volta das 9, o que não é muito razoável para uma família com dois molequinhos, ainda mais sabendo que o dia seguinte seria inteiro na Estrada.

Mas apesar de todo o cansaço, nosso jantar foi só sucesso e teve até a cerejinha do bolo: Saindo do restaurante, ouvimos uma banda tocando, seguimos o som e demos numa praça lotada, com barraquinhas diversas (inclusive uma brasileira vendendo brigadeiros , 2 por 1 euro) e um som muito bacana.

Dançamos, cantamos e, melhor, as crianças  também curtiram bastante.

Mais uma vez, tive vontade de me mudar de mala e cuia pra Barcelona. Bateu até uma tristezinha de estar voltando pra gelada Melbourne…

Mas peraí, não estamos voltando ainda! Temos uma Itália ensolarada pela frente – yay!

Hoje, acordamos já na missão. Fechamos as malas e eu ainda aproveitei pra fazer umas fotos do apê, aos 45 do segundo tempo, pra postar um Home Tour  (quando me sobrar um tempinho).

Parecia tudo certo, tudo encaminhado até o marido sair pra buscar o carro que alugamos.

Perto das 11 da manhã, Mauricinho me liga com as bad news: para pegar o carro que alugamos, precisaríamos de 2 cartões de crédito no nome da mesma pessoa. E claro, não temos.

Como isso aqui não é Austrália, nem Estados Unidos, as coisas são cheias de burocracia e os funcionários são meio tapados, tipo pau-mandado, que seguem cartilha, sabe?

E assim, pela primeira vez, nesses meses que estamos aqui, dei graças a Deus que não moramos na Espanha :(.

O carro que escolhemos online era um modelo grande, que comportaria todas as nossa 6 malas grandes + 4 malas de mão. O carro que nos deram foi um sedan (!!!!!!!) sem GPS (!!!!!!!). Tem noção do estresse da pessoa aqui??

O Mauricio até tentou articular, deixar um depósito,  mas não teve jogo. Tentou também contactar 4 amigos aqui, mas daqueles que estavam na cidade, nenhum tinha 2 cartões de crédito no seu nome (que política mais besta!). E claro, na agência, não aceitaram cartões de 2 pessoas diferentes.

Raiva define!

Agora estou aqui aguardando meu marido chegar com um carrinho foleiro, sem espaço e sem GPS (alugamos um GPS a parte),  pra ver quantas malas conseguimos enfiar no dito-cujo. As que não couberem, vamos deixar pra trás, na casa de um amigo. Paciência.

E com isso, nossas férias  começam frustradas 😦

Espero que melhore daqui pra frente, porque se continuar neste clima, vai ser uma beleza – só que não.

Que saudade das nossas férias do ano passado, quando alugamos um carro e recebemos outro beeeeem um melhor. Passeamos confortavelmente pelo sul da França, felizes e contentes.

Boa sorte pra gente.

Mais tarde eu volto para contar mais.


Voltei 🙂

p1010094

Finalmente, após mais de 7 horas dirigindo sem parar (só pro xixi),  chegamos em Biot, em Côte D’Azur, na França, onde paramos para dormir.

A viagem foi tranquila, apesar de uma briguinha e outra entre os moleques. A verdade é que nem posso reclamar, eles se comportaram muito melhor do que eu poderia prever. Fiquei até bem impressionada com a falta de reclamação, afinal, a viagem foi cansativa até pra mim!

p1010098

Meu plano, em princípio, era fazer uma parada de 2 horinhas numa cidadela no meio do caminho, como fizemos no ano passado em Narbonne, maaaaas, a viagem era tão longa, que decidimos não perder duas horas pra comer nem esticar as pernas, então encaramos os mais de 650 Km de uma tacada só, deixando para descansar só no final.

Nosso almoço veio conosco no carro: croissant, iogurte, biscoito Milka e madeleines (tenho uma amiga que ficaria super proud de mim – #sóquenão rs). Pobres crianças!

p1010106

Chegando ao hotel, que aliás, foi a bit tricky para encontrar, tiramos do carro, que estava devidamente empacotado, somente as roupas do dia seguinte e os eletrônicos todos, porque ninguém merece tirar aquela quantidade de malas, pra na manhã seguinte ter que “brincar de tetris” novamente.

Àquela altura, as crianças já estavam famintas, então saímos para procurar um lugarizinho pra comer e quase, quase mesmo, por muito pouco, comemos num  Subway (!!!!!). O Vivi, que nunca comeu em um, fez a maior pressão pra comermos lá, até porque era a única coisa aberta perto do hotel, mas graças a Deus, meu santo marido não cedeu. Entramos no carro e fomos pro centro de Biot, tentar a sorte.

p1010105

Olha, eu ainda me impressiono com as cidadelas francesas, sabe? Qualquer vilarejo é bonitinho, organizado, limpo. Qualquer centrinho tem restaurantes, museus, arte. A França é realmente fantástica! Sou uma grande fã!

Chegando em Biot, estacionamos o carro e fomos em busca de um restaurante, que aliás, não tardou a aparecer. Não demos nem 10 passos para cima e, para alegria das crianças, encontramos dois lugares simpáticos, um ao lado do outro.

Obviamente, meu olhar inclinou-se diretamente para o mais simpático. Lindo, aconchegante, bem francês 🙂 Só que, não havia crianças. Nem cara de que “gostava”de crianças (muito menos as barulhentas). Nem menu infantil.

Foi quando ouvimos um barulho bem familiar. Gargalhadas de criança! Seguimos o som e, subindo uma escadaria, encontramos nosso lugar. Uma terraça simpática (mas, óbvio, sem o glamour do restaurante anterior), repleta de famílias. E com menu infantil por, preparem-se, 1 Euro! Isso mesmo, você não leu errado: UM EURO!

O atendimento era meio enrolado, demoramos séculos para fazer nosso pedido, mas quando a comida enfim chegou, era bem gostosinha.

Então anota aí, se por acaso você estiver passeando com crianças por Biot, Cocina Vera é o lugar!

Mas a parte interessante do Cocina Vera foi nossa garçonete: uma francesa que morou no Rio (há mais de 20 anos). Aí você pensa, interessante por quê? Os franceses gostam do Rio, ué? Sim, gostam, mas ela morou no estado do Rio, em Paracambi!

Se o restaurant não estivessse tão cheio, teria procurado saber porquê Paracambi, porque fiquei bem curiosa! Rs

Terminado o jantar, todo mundo já estava dormindo em pé, mas resolvemos (do verbo, eu resolvi), dar uma micro voltinha pelo centrinho, mas foi bem micro mesmo, porque os meninos todos (inclusive o grande) estavam cranky.

p1010113

Fomos enfim paro hotel, dormir o sono dos justos.

Em tempo: A má notícia é que há algumas semanas, entrei num processo alérgico bem esquisito. Não sei se é eczema, dermatite, úlcera, ou se, pior, é um sintoma de uma nova auto-imune que veio me assolar. Começou com uma coceira chata nas pernas. A coceira foi aumentando, a pele foi ficando pipocada, até que minha pele ficou grossa feito lixa. Aí a coceira subiu para as coxas e agora estou com círculos avermelhados de pele ressecada e com micro bolinhas, espalhados pelas coxas. Lindo, como se pode imaginar.

A situação vem piorando a cada dia e eu não tenho ideia do que possa ter desencadeado isso. Nunca tive nada parecido. Nunquinha!

Claro que, apesar de estar mega cansada, tive insônia e fiquei na internet pequisando o que poderia ser. Tomei anti-alérgico de madrugada, não só pela suposta alergia, mas também pra conseguir dormir e apesar de ter ajudado um pouquinho na coceira, minha pele continua áspera que só. E, teve ainda a cerejinha do bolo: o remédio causava secura na boca. Agora imagina, uma boca já seca ficar mais seca ainda? Super!

Minha meta agora é tentar focar nas férias, não pensar nas mazelas, no que pode ser essa alergia. Mas confesso que é bem difícil, porque tanto a coceira quanto a aspereza me lembram disso o tempo inteiro.

No momento, só rezo pra que não piore.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s