Nickito e a adaptação à escola

p1000142

Ao contrario do Vivi, que é todo social, e sai distribuindo hi-five pros novos amigos, Nickito não tá nem aí pros amiguinhos da escolinha, aliás, alega: “eu não tenho amigos!” E pior, quando eu insisto e pergunto porque ele não faz pelo menos um amiguinho, ele diz: “não quero, não gosto deles!”

Okay….

Naquele primeiro dia, quando os meninos ficaram no colégio por duas horinhas, só pra ver qual era, saíram super animados, querendo voltar na manhã seguinte, mas após passarem um dia inteiro lá, só o Vivi se manteve positivo.

Nickito, tadinho, odiou seu primeiro dia inteiro. Por vários motivos.
Primeiro porque aparentemente não se pode brincar do lado de dentro, na sala de aula. A sala é pra “learn”, ele me contou (suponho que alguém tenha dito isso pra ele). O bichinho ficou inconformado, ele não entende porque não pode brincar, se no kinder, na Austrália, ele brinca o dia inteiro. Eh gente, quando eu digo que a educação infantil na Austrália é um capítulo à parte, não tô exagerando!

Aqui na Espanha é mais como no Brasil, as turminhas do infantil tem a hora de aprender e a hora de brincar, mas esta é sempre mais resumida que aquela. Nickito não compreende.

Acho que não compreende também porque na Austrália ele é tão paparicado, cercado de beijos e abraços que as teachers fazem questão de dar e receber, e aqui é tratado como um Nicolas qualquer, rs, é apenas mais um, sem paparicos.

Ele, genioso, também não curte ser chamado de Nico, que aqui é o apelido pra Nicolas. Fica tiririca! “Eu não sou Nico!”

Aí, soma-se a falta de liberdade para brincar do que quer na hora que bem entende à ausência de paparico e ao fato de o chamarem de Nico, pronto, Nickito não quer ir à escola.

Ele fica todo dengoso, diz que vai sentir muita saudade, que quer ficar comigo… ai, de cortar o coração mole da mamãe aqui. Mas não há outro jeito, se ele não for pro colégio, eu não trabalho. Ó vida…

PS. Dia desses ele chegou em casa contando que uma menina grande o levou pra escovar os dentes e fez questão de escovar pra ele, rsrsr. Aliás as meninas grandes adoram o Nick – mas ele não dá muita bola pra elas, e não entende porque elas o “perseguem”, rsrsr. “É que você é muito fofo, filho”, eu digo pra ele 🙂

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s