E mais uma vez, lá vamos nós!

Em virtude do sucesso do ano passado, estamos embarcando novamente para outra temporada na terra de Gaudí. Partiremos em exatos 9 dias e ficaremos por lá até dia 20 de Junho, quando tiraremos merecidas férias. Voltaremos ao mundo real somente dia 9 de Julho, quando estarei prestes a lançar o projeto no qual, juntamente com minhas sócias, venho trabalhando desde que o ano começou.

Desta vez, ficaremos em outro bairro, um pouco mais distante da minha linda Sagrada Família (5 minutos, rs), porém numa localização mais conveniente.

Se eu for contar pra vocês a lenha que foi para conseguirmos um apê desta vez, vou passar a semana escrevendo!

Pra vocês terem uma ideia do estresse que foi, após muita pesquisa, o primeiro apartamento que escolhemos foi vendido. O segundo… também foi vendido. O terceiro foi bookado por outra pessoa por 3 dias bem no meio dos 2 meses durante os quais precisávamos dele. E aí, meus amigos, foi uma luta, um estresse conseguir encontrar um outro lugar que estivesse minimamente de acordo com nossas necessidades e expectativas e liberado pelo pelo período que precisávamos. Nem preciso dizer que a decoração, que outrora posava de carro-chefe, foi lá pro final da lista de prioridades, né? Oh, vida…

Após semanas procurando, vendo e revendo centenas (e não estou exagerando) de apartamentos, fazendo listas, anotando prós e contras, eis que surge um apê novo, que cumpria com quase todas as nossas necessidades. Renascia assim a esperança 🙂

O preço estava OK, a localização muito boa, tinha 2 quartos e uma descrição animadora, mas as fotos… oh céus! Estavam de matar. Eram fotinhas pequenas, tipo Instagram, com filtro e meio escuras (apesar de na descrição do apartamento dizer que o mesmo era super bem iluminado). Por sorte, o proprietário anexou também uma planta do apartamento, que apesar de não fornecer medidas, passava bem a ideia do tamanho.

Mostrei as fotos pro marido e ele torceu o nariz. E nessa quase fechou com um outro, que apesar de ter um preço ótimo e uma excelente localização, tinha uma “Decoração” de assassinar a sangue frio a arquiteta-cricri aqui. O pior é que eu nem tinha ferramentas para convencer meu digníssimo que o “apê Instagram” era melhor que o “apê  assassino”. Tudo o que eu tinha era um sentimento, baseado no somatório da planta + fotos ruins. Em 5 minutos montei o quebra-cabeça, decifrando que foto representava que canto da planta. Pra mim, tudo fazia sentido, mas meu marido ainda não estava convencido. Resolvi forçar a barra e arriscar!

Contactei o proprietário, e após uma série de perguntas e respostas, fiquei mais confiante, me animei! O desafio era convencer o marido, que estava estranhamente relutante.

Eis que da noite pro dia, o proprietário do “apê Instagram” libera fotos novas, com ângulos decentes e bem iluminadas. E o alívio que a pessoa sentiu foi comparado ao que se sente quando finalmente se encontra um banheiro naquele momento de aperto, rs

Maridex topou no ato. Conseguimos o apê!

Não pensem vocês que o apartamento é perfeito, porque não é. Perfeito era o primeiro, até mesmo o segundo… mas gente, tá bom demais.

Vou ficar num apartamento finamente decorado? Não. A decoração tem a ver comigo? Também não, maaaas a arquitetura é bem tradicional, o piso é de ladrilho hidráulico (suspiros), as esquadrias originais… tem bastante character envolvido :). O espaço é bom? É! são 3 quartos, dois banheiros, área de estar/TV, área de jantar, cozinha super equipada com mini-copa, escritório (super ultra mega importante), varanda… Quanto à decoração, tô mega feliz, na verdade (tem cada coisa por aí, que eu vou te contar…). Digamos que é bem básica e masculina (postarei fotos num post mais adiante) e apesar de não ser meu estilo, estou certa de que conseguirei me sentir em casa durante esses dois meses que ficaremos lá.

E ó, tô feliz da vida. Feliz e animada. Já falei que teremos dois banheiros?? yay! Depois da experiência do ano passado, com um banheiro só, estou soltando fogos de artifício por ter que passar por isso novamente, rs.

Ah, o apartamento fica em frente, repetindo, em frente ao mercado e há duas quadras do colégio dos meninos, que, thank God, já está certo! (boa sorte pra eles, porque as aulas são todas em catalão!)

Tenho muita coisa pra resolver antes de embarcarmos? Sim! Em Barcelona vou passar meus dias enfurnada em casa trabalhando? Sim também! Mas se Papai do Céu permitir, será por uma boa causa 🙂

Já falei que estou animada? 🙂 Já né?

Tô não animada que nem o cansaço e nem o estresse estão conseguindo tirar o sorriso do meu rosto.

Se é pra ter rugas, que sejam as do sorriso largo e não as da preocupação 🙂

E pra encerrar este longo post, meu mantra atualmente:

img_5686

E vamo que vamo, porque rapadura é doce mas não é mole não 😉

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s