Vortamos! :P

Após 2 meses na Zoropa e horas infinitas no ar, eis que os bons filhos à casa tornam!

Deixamos a Espanha num dia perfeito para fim de viagem: nublado e chovendo 🙂 Todo mundo sabe que último dia de viagem é sempre mortinho, né? Então, o nosso não foi diferente, com o adicional de que o penúltimo dia também foi fail total, hahaha – tô rindo porque nossa temporada foi tão, mas tão boa, que as derrotas finais não me abalam 🙂

Saímos de Provence na terça-feira, 24 era quase meio-dia e, a princípio, partimos rumo ao nosso já reservado hotel em Perpignan. Só que… no meio do caminho, sendo vencidos pelo cansaço (especialmento o Vivi, que àquela altura não aguentava mais ouvir falar em passeio) e motivados pelo calorão e sol de lascar, mudamos de planos e em vez de passarmos a tarde turistando, resolvemos cancelar a reserva em Perpignan (maravilhas desta era em que vivemos! reserva cancelada no dia, sem pagar um tostão) e dirigir um pouco mais até Costa Brava, já na Espanha, e passar a tarde na praia relaxando e nos despedindo do verão. Mas não era mesmo pra termos um final feliz…

Enquanto nos aproximávamos da Espanha, o tempo foi fechando (oi?). Ao chegarmos na região de Costa Brava, a costa estava realmente brava, bravíssima, sem sol, sem vida. O mar escuro, a praia sem graça.

Fomos almoçar.

Meu salve-salve FourSquare nos indicou um restaurante italiano, num bequinho, me garantindo que lá comeria tapas de qualidade, porém, nós, incrédulos, quando nos deparamos com o estabelecimento, olhamos pra trás e foi praticamente impossível não optar por um dos restaurantes na beira da praia (mesmo ela estando ‘feiosa’ e sem sol). Aí, gente, por mais que eu soubesse, só de olhar pro menú na porta, que seria derrota, atraídos pelo mar e pela ideia de restaurante-na-beira-da-praia, nos sentamos. ô, se arrependimento matasse, viu? Não tava aqui pra contar, rsrsr

Pra começar, não serviam tapas (OI????) e pra terminar, ô comidinha ordinária (quer dizer, antes fosse ordinária! Ruim mesmo). Eu, na ilusão do meu jantar na noite anterior no restaurante do Hotel, pedi novamente camarões, pensando não ter erro, afinal, até em quiosque na beira da praia em Arraial do Cabo se come camarãozinho frito gostosinho, né não? Pois é, turns out L’Escala não é arraial. Pela primeira vez na vida, não consegui comer camarões. Um gosto horrível, de maresia, sei lá. Só sei que aqueles camarões de fresco não tinham nada. Saí de lá me sentindo mal, cheia de azia. Depois dessa, suspendemos os planos de ficar na cidade e decidimos dar mais uma esticada até Girona, que foi onde passamos nossa última noite.

Já disse como eu amo viver num mundo de smart phones e GPS? Como é que a gente vivia antes, gente? Pelamordedeus! Entramos no carro e fomos pra Girona, onde apesar do tempo mequetrefe e de estar quase tudo fechado, no bom esquema cidade fantasma (será que era feriado?), conseguimos fazer um passeio pela cidade velha (mesmo com o Vivi reclamando horrores, coitado) e no meio do passeio já havíamos bookado nosso hotel, ali pertinho.

A tarde terminou com um crepe de nutela e a noite com um jantarzinho despretensioso no hotel mesmo (porque a gente estava morto com farofa) que acabou sendo inesperadamente gostoso. Depois disso, cama!

O último dia não teve nem tentativa de passeio. Dormimos até mais tarde, tomamos café no hotel, fizemos uma horinha e partimos. Chegamos no aeroporto just in time para devolver o carro e fazer o check-in – já falei como é a boa a vida quando todos os membros da família tem o mesmo tipo de passaporte? :O)

Ah, quando estávamos na sala de espera, recebemos uma mensagem da locadora de carros, dizendo ter encontrado o cartão do Mauricio (sim, aquele que achamos ter perdido num dos pedágios no início da nossa viagem pra França). Dá pra acreditar que não procuramos direito dentro do carro?? Dãaaa… Enfim, too late, cancelamos faz tempo.

A viagem foi longa, mas thank God, os vôos foram tranquilos. E tirando o fato de que SEMPRE há algo de errado com um dos nossos 4 assentos (desta vez, minha mesinha não ficava completamente na horizontal no primeiro vôo e a poltrona do Vivi não inclinava completamente no segundo), foi tudo ótimo: os aviões da Qatar são novos e confortáveis, com espaço justo para as pernas (especialmente no vôo de 15 horas) e os comissários de bordo foram super amáveis. Recomendo 🙂

Ao chegarmos em Melbourne, o processo foi todo bem rápido também e quando piscamos já estávamos no taxi em direção a nossa casinha. O único problema foi que os meninos dormiram durante o vôo inteiro, ou seja, chegamos meia-noite e estavam ligados na tomada. Eu, apesar de nunca dormir nem  uma hora seguida durante os vôos, também estava elétrica. E faminta. E não tinha um nada em casa. Mas….. quando se tem amigos, a vida fica muito mais colorida, né não?

Nossa super heroína de plantão, tia Flavia Kamimura, preparou from scratch, um empadão divino pro nosso jantar e um bolo maravilhoso pra sobremesa – me senti especial 🙂 Foi só esquentar e pronto, família lindamente alimentada!

Depois disso, aproveitei o fuso confuso e fui cuidar de mandar pôsteres para a gráfica e começar a organizar minha agenda, porque, semana que vem, já volto à ativa, minha gente (mesmo com o Vivi estando em school holidays)! Aliás, momento confissão: esse lance de ter o próprio negócio e trabalhar de casa, dá mais, muito mais trabalho do que eu imaginava. Que Papai do Céu me ajude 🙂

Em tempo: já viram as novidades todas que tivemos durante esses meses que passamos fora? Não?

O Cheer Up! foi featured no Apartment Therapy, no Meu Móvel de Madeira  (aliás, há um tempinho, teve esse outro aqui) e no Babyology. Além disso, um pedacinho da nossa casinha apareceu na revista da Ikea. Not bad, né não? E tem mais por vir, aguardem 😉

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s