Dia das Mães – ou seja, dia das crianças


O dia das mães aqui na Espanha é comemorado no primeiro domingo de maio, mas como eu sou Brasileira/Australiana, deixamos a celebração para hoje, e como boa mãe que sou, dediquei meu dia às crianças 🙂

Foi dia de Zoológico!

Pra começar, pegamos um trem e guiados pelo papai mais desbussolado do universo, andamos pro lado errado e, em vez de acessarmos o Zoo pela entrada ao lado do metro, nos levou para dar uma volta ao redor do Zoológico (acho que pra admirar o muro, só pode), e com isso andamos assim uns mil metros até chegarmos na outra entrada. Mas é assim, quem não erra não tem história pra contar – quer dizer, até tem, mas não pode zoar o guia 😉

Quando finalmente chegamos ao destino – maridón resolve, pra desespero do Vivi, que devemos tomar um brunch antes de entrarmos.

Pausa para abrir parêntese

Assim que saímos do trem, sugeri que procurássemos um lugar pra tomar um brunch e avisei: “o lugar mais próximo daqui, fica 1 Km de distância”.  Ao que o marido responde: “ah, vamos comer na praia, impossível não servirem brunch num dos restaurantes de lá…”


Eu: Eu acho que os restaurantes da praia só servem almoço e jantar…

Ele: impossível!

E lá fomos nós para uma caminhadinha extra básica. Em vão, claro, porque os restaurantes da praia só servem almoço e jantar. 

Pra não ser injusta, um até servia café da manhã (que não é brunch, note bem), mas o dito cujo não aparecia no FourSquare e se há uma coisa que eu aprendi é que o FourSqaure é 100% confiável! E eu não entro em restaurante sem antes checar a nota popular. Também não entro em restaurante em que a nota é inferior a 8. Tento sempre focar nos que estão acima de 8.8 pra garantir que a experiência será boa 🙂

Resultado? No brunch for us – podem me chamar de pirracenta, mas eu prefiro não comer do que pagar pra comer comida ruim.

Fecha parêntese

Voltando ao ponto, quando estávamos na portinha do Zoo, viramos as costas e fomos caminhar mais uns 800m (just for fun) bairro Gótico a dentro, até chegarmos no Alsur Café, um FourSquare 9.1 bom demais, super bem localizado numa pracinha-oásis charmosinha entre o casario antigo.

Moral da história: Na dúvida, segue a mamãe 🙂

Brunch delicinha, chocolate quente espanhol divino, suquinho de laranja fresquinho… e pra completar, musiquinha ao vivo. Esta sim é a maneira correta de se começar o Dia das Mães. Tá, o correto mesmo era ter minha mãezinha aqui comigo :(, mas não se pode ter tudo nessa vida, né? A saudade ficou abafadinha no peito… Foca no fim do ano, Erica! 🙂

Após o brunch, partimos em fim pro Zoo, de onde só saímos às 5 da tarde. Ponto pro marido que decidiu insistir na ideia do brunch.

O Zoo de Barcelona é fantástico, super bem planejado e no apagar das luzes ainda tem um parquinho super cool. As crianças se esbaldaram. The best day ever, segundo o Vivi (mas ele fala isso sempre que tem um passeio legal, rs)

Voltamos pra casa já tarde e mega cansados. A boa notícia é que o Nickito, surpreendentemente, não reclamou pra tomar banho,  o que facilitou bastante o processo.

A noite maridinho preparou o jantar e comemos na santa paz do lar 🙂

Boa noite, porque amanhã é dia de branco.

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s