self-punishment

Hoje Vivisauro (sim, o Vivi, filho mais velho) deu um ataque só porque eu disse que não iríamos ao parquinho. Chorou, resmungou, bateu o pé indignado e foi pro quarto dele. Eu tentei fazê-lo ver o tamanho da bobeira pela qual ele estava armando um circo, a desproporção do drama. Ele concordou. Dois minutos depois ele estava de volta a sala TODO ARRANHADO! “Eu mereço, por isso fiz isso… me arranhei bem forte pra eu parar de chorar sem motivo…”

Oi? Como assim? Ele que nunca levou uma palmada está se punindo fisicamente por um mal comportamento? Fiquei chocada, e por um instante completamente desnorteada. Conversei com ele e o levei pro banho. Ele se acalmou.

A teoria do Mauricio é que nós somos pai e mãe banana, que não punem os filhos. Ele acha que chegou num ponto que o próprio Vivi, quando se dá conta da bobeira que fez, resolve se punir. Será?

Só espero que isso não volte a acontecer. Que coisa louca.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s