Vivi curioso – mentirinhas de natal

Nosso big boy andava numa aflição danada pela noite de Natal. A ansiedade era tamanha que ele começou a me rondar, tentando descobrir o que havíamos comprado pra ele. Começou com perguntas e por fim, no apagar das luzes, resolveu meter o bedelho no meu home office – o único lugar da casa que eu sempre peço encarecidamente que eles não entrem: fuxicou atrás de uma tela enorme e lá finalmente encontrou um monte de sacolas de presentes que, detalhe, eu ainda não havia embrulhado. Foi numa questão de segundos que ele bateu o olho e confeiriu vários personagens do Star Wars dando sopa. Até aí, nada demais, o problema é que este foi o pedido pro Papai Noel! O que esses brinquedos estariam fazendo ali, desembrulhados, antes da noite de Natal?

Eu fiquei muito brava e ao mesmo tempo sem saber o que dizer. Ele saiu de fininho, fingindo não ter visto nada (sonso que só vendo, rsrsr). Fui atrás e de tanto eu insistir, ele resolveu confessar que sim, ele havia visto um monte de bonecos do Star Wars e uma porção de outros brinquedos. Tanto trabalho, tanta dedicação, pra que? 😦 Num momento desesperado, ele jurou que ia tentar esquecer de tudo o que viu (como se fosse possívei, rsrs)

Como achei que ele não havia visto todos os bonecos, expliquei pra ele que aqueles eram os presentes que nós havíamos comprado e que o Papai Noel traria outros. Aproveitei o embalo e fiz aquele sermãozinho básico, explicando que ele deveria sempre ser um bom menino e que desobedecer a mamãe não era uma coisa legal… mas não sei não, tenho receio que este tenha sido o último Natal encantado do Vivi 😦

No fim do dia, coloquei todos os presentes sob a árvore  – e ele logo perguntou: “quais são os do Papai Noel?”

Expliquei então, que os do Bom Velhinho só estariam ali na manhã de Natal…

Na manhã do dia 25, ele levantou cedinho, cedinho e ficou enchendo o pacote, queria porque queria descer pra ver se afinal o Papai Noel havia passado mesmo. Primeiro, desceu as escadas e foi checar se as “meias de natal” estavam cheias, voltou saltitante, gritando: “ele veio! Santa veio!!” Depois, quando bateu o olho na árvore e viu embrulhos diferentes, entrou em êxtase 🙂

Bom, não sei se ele ficou completamente convencido que aqueles presentes diferentes foram deixados pelo Noel, mas sinceramente, espero que sim. Eu sei que tem muitas mamães que não curtem “enganar” os filhotes sobre o Papai Noel, mas sabe de uma coisa? Tenho lembranças muito queridas dos meus Natais, na época em que eu acreditava no Bom Velhinho – pra falar a verdade, nem lembro ao certo quando parei de acreditar, mas lembro bem que durante muitos Natais, pedi pra dormir na sala, pra ver se conseguia pegar o Noel com a boca na botija, rsrs. Claro, nunca consegui… criança tem sono pesado, né? rsrs Mas ficava encantada com os presentes sob a árvore na manhã de Natal :), então, enquanto meus molequinhos puderem ser enganados, vou enganar mesmo 🙂

 

One Comment

  1. Penso como você!! Quanto mais tempo melhor!! Eu também tenho ótimas lembranças do papai noel. A Olivia super acredita e desde o ano passado se preocupa em deixar cookies e leite para o papai noel rs. A Maria Clara…bem, sonsa como o Vivi, acho que ela finge que acredita para me agradar e porque sabe que sai em desvantagem quem não acredita!! Aliás, esse ano ela lembrou a frase daquele papai noel que minha mãe contratou em 2011 quando ela perguntou se ele era de verdade: Papai Noel é igual Papai do Céu, você tem acreditar no seu coração.

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s