Gold Class

Gold Class – that’s the way to go to the movies!

Gente, ir ao cinema no esquema Gold Class é maravilhoso, mas te causa um problemão: você nunca mais vai ficar satisfeito sentado naquela sala cheia de cadeiras coladinhas uma nas outras.

O Gold Class é um conceito metido a besta, mas sinceramente, podem me chamar de besta à vontade porque se eu pudesse, nunca mais iria ao cinema normal.

Eh… meu marido tem toda razão quando diz que eu jamais posso experimentar viajar de primeira classe, porque corro, sim, o sério risco de me recusar a entrar num avião, se não me for servida mimosa em taça de cristal no café da manhã 🙂

Não me entendam mal, não sou fresca (aham…), sou super povo e sempre me vangloriei de tomar cerveja na Lapa naqueles copinhos de boteco pé-sujo, rs, mas gente, há coisas nessa vida que não tem preço – tá,  preço tem, e bem salgado, mas vale!

Ganhamos de uns amigos, vouchers pro Gold Class – só assim mesmo, né? ‘magina se o maridinho ia comprar entradas chiques assim de bobeira? rs  Fomos e a experiência foi divina.

Antes de entrarmos, meu marido todo sem jeito, quase com vergonha de estar ali (posso com isso? quem vê, acha que ele nasceu e foi criado em “Deus Me Livre”, rsrs) me confidenciou: “você sabe que eu não vejo o menor sentido em vir ao cinema nesse esquema, né? Não vejo sentido, nem graça..”

Eu guardei um respeitoso silêncio e continuei andando. Fomos levados até nossos majestosos acentos e nos foi entregue um par de menus. Quando estávamos prontos, apertamos o botãozinho verde e em poucos minutos, surge do nada uma pessoa pra recolher o pedido. Tudo muito organizado, rápido e silencioso. Apareceu da fumaça e sumiu nela, voltando um tempinho depois, com a sala já escura e o filme no telão, e sem atrapalhar ninguém, nos serviu e voltou a sumir na fumaça.

Reclinamos ao máximo as confortáveis e espaçosas poltronas, guardei meus pertences no compartimento secreto e curtimos aquela linda hora e meia de cinema.

Pergunta se o marido curtiu? Pergunta se fez cara de satisfação diante do conforto, da organização, do serviço impecável? Claaaaaaroooooo!

Ah, gente, meu marido é assim: acha que tudo é supérfulo e que “tá bom do jeito que tá”, até ele experimentar do melhor, rsrs

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s