o desfralde

Fala e desfralde são duas coisas nas quais meus meninos não foram bons exemplos.

Tá, eu sei que cada criança tem seu tempo e sempre respeitei isso. Claro que com o primeiro filho, fiquei mais apreensiva, com medo dele nunca aprender a falar, rs, ou de ficar de fraldas para toda a eternidade :), mas quando chegou a hora, as coisas aconteceram.

Com o segundinho, eu já sabia: a demora em falar era normal e, sinceramente, tava bom do jeito tá tava, melhor mesmo que ele não destrambelhasse a falar pelos cotovelos muito cedo, rsrs

Já o desfralde… bom, o Vivi já demorou um tanto pra demonstrar interesse pelo Sr. Vaso, pela D. Cueca e por tudo o que esse casal amigo viria a representar. Mas ao completar 3 anos, ele “já” estava treinado e com pouquíssimos acidentes. Aliás, os acidentes vieram mais tarde, junto à teimosia em não querer dar uma pausa na brincadeira por um minutinho para atender ao chamado da natureza.

Com o Nick a história está sendo um pouquinho diferente e até semana passada, toda e qualquer investida de desfralde foi fracasso retumbante. Ele não queria saber de vaso, penico nem cueca. Não queria nem mesmo saber daquelas fraldas de vestir. Na verdade, ele sempre dizia: “não quero cueca de big boy, mamãe, quero a fralda do lion”. Pra deixar um pouquinho pior, ele, ao fazer cocô, se escondia embaixo da mesa e negava até a morte que tivesse com a fralda recheada, por mais que o cheirinho do “recheio” estivesse enfestando o ambiente.

Como o número 2 dele nunca se apresentou numa textura normal, muito embora ele coma a mesma comida que comemos, comecei a achar que ele tivesse alguma alergia, intolerância, e isso o estivesse prevenindo de saber a hora de ir ao banheiro.  Achar isso, me prevenia de tentar investidas d desfralde mais decididas.

Marquei o médico, levei o bichinho pra fazer exames e aparentemente está tudo okay com ele, nada grave. Pra completar, ele ainda me faz um cocô mega fedorento no consultório, no meio da consulta. O médico, observando, disse com todas as letras: “ele sabe exatamente quando precisa ir ao banheiro”.

De posse do resultado dos exames, resolvi este final de semana, após mais um episódio “criança com fralda cheia de cocô fedorento escondida em baixo da mesa”, colocar um ponto final nessa palhaçada. Cada um tem seu tempo? O meu é esse aqui, rs

Peguei o pequeno, tirei a fralda fedorenta, limpei o bumbum, coloquei-o sentadinho na bancada e expliquei: “Nick, cada vez que você fizer cocô na fralda, vou te colocar na banheira e te lavar todinho. Você precisa começar a usar o vaso, como o seu irmão, como um big boy. Se não usar, vai pro banho”.

Ele não é muito chegado a banho, especialmente lavar a cabeça. Lavar o cabelo é um drama, uma gritaria. Ele tem pavor de água no rosto.

“Aí, uma dessas mães-maravilha que passam e lêem vão achar: Nossa, que falta de psicologia, que absurdo, que monstro!”

Blá-blá-blá. Se é verdade que cada criança tem seu tempo, é verdade também que cada mãe conhece sua cria melhor do que ninguém e, portanto, sabe o que é melhor pra ela. E pra falar a verdade, eu pouco me importo com o que mães intrometidas e metidas a super-mãe acham ou deixam de achar da forma como crio, educo e conduzo meus filhos.

Mas voltando ao desfralde…

O dia passou e nenhum outro cocô surgiu. Veio o dia seguinte e já passava do meio-dia e nada do Nick fazer cocô, o que é muito estranho. Claro que eu monitorava o tempo todo, toda hora perguntando e o lembrando que deveria usar o vaso, senão ia direto pra banheira.

Uma hora ele sumiu por uns minutos. Fui no andar de cima e lá estava ele, pronto pra ir pra baixo da mesinha, quenado eu perguntei: Nick, quer fazer cocô? Balançando a cabeça, disse que sim e lá fomos visitar o Sr, Vaso. Fez cocô feliz da vida, deu descarga, lavou as mãos e foi contar pro papai.

O que eu fiz depois? Coloquei-lhe cuecas! Audácia pura, eu sei.

Agora tô aqui, as we speak, monitorando a bexiga do pequeno, pra que não haja nenhum acidente. desejem-nos sorte 🙂

E, ó, é daqui pro desfralde! 🙂

 

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s