saúde nossa de cada dia – cadê você?

Ontem à noite, finalmente, meu menorzinho conseguiu comer um pouquinho (bem pouquinho mesmo), mas já fazia tempo (assim uns 10 dias), que o pequeno não comia mais do que dois biscoitos Maria ou uma torrada por dia. Sobreviveu à base de água, o pobrezinho. Mas agora, parece que enfim, o antibiótico está fazendo efeito. Esta manhã ele comeu com boca grande uma tigela de mingau de aveia – nada mal 🙂

Passei esses dez dias com o coração na mão, com dó desse pinguinho de gente que estava ficando só pele e osso. Ficou ainda mais cabeçudo, tadinho :(. Não dormia direito, quase tossia os pulmões pra fora e por fim, quando já estava medicado, começou a ter diarréia e vomitar (nem sei o que, se ele não comia). Há duas noites, quando finalmente a tosse parecia ter melhorado um pouco, o colocamos de volta na caminha dele. O pobrezinho foi dormir exausto e acordou com uma crise de tosse – eu pensei: ah, não, tudo de novo! -, o marido foi checar e o bichinho estava coberto em vômito. Colchão, travesseiro, tudo vomitado. E o rostinho dele todo lambrecado, porque o pobrezinho estava tão fraco, que nem forças pra levantar de cima do vômito teve. Papai cuidou de limpar as coisas, enquanto eu limpava o pequeno. Voltamos com ele pra nossa cama e, claro, dormi com um olho só, como de costume.

Enfim, foram longos dias e longas noites, mas agora, finalmente parece que ele pegou o caminho da melhora 🙂

E agora, bem… agora é minha vez. Parece que meu corpo estava só esperando a poeira baixar pra shut down. Sim, porque antes do Nick ficar doente, foi o Mauricio e antes do Mauricio, o Vivi teve umas três noites de crise (não chega a ser asma, mas precisa usar a bombinha). Ontem fui dormir enjoada, tive uma madrugada dos infernos e estou aqui, sem comer o dia inteiros (okay, comi dois biscoitos Maria e tomei uma caneca de infusão de hortelã). Tô tão fraca que mal consegui escovar os dentes (foi a escovação mais abreviada da minha existência).

Minha boca está mais seca, minha pele também. Meu cabelo, bom, melhor nem entrarmos nesse mérito 😦 Impressionante como quando minha imunidade está baixa meu corpo instantaneamente vai pro buraco, como se fosse empurrado de um penhasco. E a dor de cabeça?

O enjôo também segue, não consigo nem pensar em comer e, pior, nem sentir cheiro de comida! Os meninos vão ter que sair pra jantar fora hoje.

E eu tenho tanta coisa pra fazer, que fico ainda mais agitada e nervosa por estar perdendo tempo doente. Mas estou de mãos atadas, o jeito agora é esperar passar e torcer pra que passe bem rápido. (sério, até escrever este post me cansou… e eu que pensei que “já que estou doente”, conseguiria pelo menos atualizar este diário de bordo. Tsk tsk tsk…

 

Em tempo: Sei não, nossa family doctor nao é normal… Ela é colombiana e apesar de boazinha, sempre vem com uns papos muito naturebas de corpo e alma… Tipo, quando precisa, ela passa antibiótico… mas… gente, onde já se viu, uma médica com habilidades digitadoras fenomenais?? Eu nunca vi! Normalmente, os médicos são os maiores catadores de milho do universo, e ela, bom, ela não só digita com a agilidade das secretárias dos anos 70, como consegue te olhar nos olhos, conversar e digitar na velocidade da luz ao mesmo tempo. Ou ela finge que está digitando, ou o diploma de medicina é falso 🙂

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s