Alegrias que só uma mãe sente

Imagine a situação: O filhotinho, que outrora era um comilão, resolve que vai parar de comer. Não quer mais carninha, não quer mais arroz, não quer mais feijão, não quer mais frutinhas, nem legumes… só quer saberde biscoito, bolo, suco de maçã e pão. Qualquer mãe entra em desespero, né não?

Agora visualiza o momento: O filhotinho que tava chatinho pra comer, faz pirraça meia hora antes do almoço porque quer comer bolo. A mãe, decide dar um pedacinho, porque o pobrezinho não comeu bolinho no dia anterior, mas fica com o coração apertado porque sabe que a pequena chance dele almoçar foi pelo ralo. Só que não, porque a mãe, que é persistente e insistente, pergunta (com um certo desânimo) mesmo assim: “filhinho, você quer que a mamãe prepare seu papazinho? Tem arrozinho, feijãozinho, carninha e saladinha de tomate” E a surpresa chega trazendo alegria pro seu coração: “Sim!!! (dando pulinhos contentes) Oba!! Papazinhooooo!!! (como se comida não lhe fosse oferecida por muitos dias, rs)

E assim ele bateu um prato digno de trabalhador (após ter comido seu pedacinho de bolo, claro).

Vai entender as crianças…

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s