O caso da chave de casa

Esta manhã, meu digníssimo abriu a porta de vidro (pelo lado de fora) que dá pro quintal, pra colocar os recicláveis no latão.

Uma vez que o latão estava cheio, abriu a porta da garagem com o controle remoto (e quando ele faz isso, normalmente mantém o chaveiro que tem o controle no bolso) e levou o latão pra fora, deixando aberta a porta de vidro.

Antes de sairmos de casa, eu, como de costume, chequei se todas as portas estavam fechadas. Foi quando notei que a porta de vidro estava aberta e com a chave do chaveiro  de casa pendurada do lado de fora.

Abre parênteses – Notem que uma mesma chave, abre todas as portas da casa – fecha parênteses

Peguei a chave, passei pro lado de dentro, tranquei a porta e devolvi a chave (do chaveiro de casa) pra porta da frente, que é onde ela fica. Chequei se a porta da frente estava trancada e saí, pela porta dos fundos, em direção à garagem, onde marido e filhos estavam já dentro do carro esperando.

Entrei no carro e perguntei: ué? cadê a chave do carro? Ao que o marido respondeu: “na porta”.

Procurei na porta dos fundos (que é onde a chave do chaveiro do carro fica). Nada. Avistei a chave na porta de vidro, por dentro! How come??? Enfim, entrei, peguei a chave (chequei novamente se a porta de vidro estava trancada), fui pro carro e perguntei pro marido: “por que esta chave estava na porta de vidro?” Ao que ele, com toda naturalidade do universo me responde: “ué, foi com ela que eu abri a porta pra retirar os recicláveis…”

Ahn?????? Você abriu e fechou a porta esta manhã com a chave do chaveiro do carro?

Marido: Não… Eu só abri

Eu: Pois é, só que a chave que estava na porta quando eu fechei, era a chave do chaveiro de casa (e não dá pra confundir, porque esta tem só uma chave!)

Marido: ….

Eu (enlouquecida): Você abriu a porta pelo lado de dentro?

Marido (calmo): Não, pelo lado de fora…

Eu (totalmente descabelada): Mas a chave que estava do lado de fora não era a do chaveiro do carro! E a chave do chaveiro do carro não estava do lado de dentro, quando EU fechei a porta!

M: bom, eu tenho certeza que  eu abri a porta pelo lado de fora com a chave do chaveiro do carro… e que não fechei a porta depois.

E: e eu tenho certeza que tirei a chave (do chaveiro de casa) do lado de fora, fechei a porta pelo lado de dentro e devolvi a chave pra porta da frente. Mas como a chave do chaveiro do carro foi parar na porta de vidro pelo lado de dentro, se nem eu, nem você a colocamos lá?

M (com a calma dos insanos): não sei…

E (fora de si, transtornada e, provavelmente, com cara de maluca): COMO ASSIM????

…………….

Não, este problema não foi resolvido. Ainda não sabemos o que aconteceu…

Mas deixo aqui algumas opções sinceras:

1- A Erica está com a saúde mental comprometida, delirando, ficando maluca;

2- O Mauricio está com a memória comprometida, mais distraído que o normal;

3- Tem algum espírito de porco bagunçando o coreto aqui em casa.

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s