meu school boy

Dia primeiro de fevereiro foi, oficialmente, o primeiro dia do Vivisauro na escola. Tá foi half-day, mas já tava valendo.

Ao contrário de todas as vezes que o deixávamos na creche, Vivizinho não teve problemas pra dar tchau, não agarrou na saia da mamãe, nem na perna do papai. Não chorou nem fez beicinho, pelo contrário, ficou feliz da vida feito um homenzinho (ih, rimou, rs)

Ele está nas nuvens, todo orgulhoso de ser um school boy. Se dependesse dele, iria pra escola até aos finais de semana.

A escola aqui na Austrália é bem diferente da escola brasileira (de um modo geral, claro). Aqui se prioriza as quetões sociais e criativas. A criança tem uma liberdade maior e muito, muito menos pressão. O aprendizado é encarado de uma forma natural e não há sequer provinhas tensas bimestrais. As turmas são pequenas (cerca de 20 crianças) e cada aluno é acompanhado bem de perto. Mas não vou me alongar muito nesse assunto, senão esse post não acaba e eu ainda tenho roupa pra lavar e casa pra limpar :). Além do mais, hoje é dia de apresentar pra vocês o Vivi – parte 2: o school boy!

acordando

na porta da escola

guardando a mochila

na hora da saída – olha a pinta do moleque 😛

Esse foi primeiro dia, ele ainda estava pouco a vontade, mas ao final do terceiro dia (na realidade o primeiro full day), ele estava todo malandrinho, pedindo hi5 pros meninos mais velhos… só vendo pra ter noção, rs

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s