papo fútil

Recentemente tive um desentendimento com a balança – nada grave… não é como se estivesse acima do peso, ou como se minhas roupas estivessem apertadas, mas o fato é que a combinação de números que eu sempre via na balança, sumiu assim quase de um dia pro outro, o que me causou não só estranheza, mas um grande descontentamento: Caracoles, e agora?!?!

Quero voltar pra minha zona de conforto, mas não sei como. Por que? Porque eu como, ora! E bonitinho.

Não estou falando só do básico, não. Tô falando do básico, do supérfulo e do algo mais. Sim, talvez eu pudesse comer porções reduzidas, né? Pois então, tentei.

Dia desses almocei num prato menor, usando um garfo menor, mas claaaaaro, o prato parecia uma montanha, o que no fim das contas dá no mesmo que comer num prato grande.

Tentei também passar o dia sem comer doce. Claaaaro, o máximo que consegui foi me segurar até a hora do almoço, quando, de entrada, ataquei dois potinhos daquelas sobremesas de chocolate (tipo danete, sabe?) e de “sobremesa” ainda comi uma barra de Lindt. Gente, tentar não comer chocolate é ainda pior que comer chocolate, porque me deixa ansiosa, com a boca amarga, uma tristeza. E não venha me dizer: ah, come uma fruta… Porque pra me acalmar, só se a fruta vier coberta em leite condensado.

Semana passada, passei bem dois dias sem comer chocolate, acreditam? Como?? Comendo pavê de pêssego com creme especial, delicioso e super calórico – só um doce bem doce pra me fazer esquecer do chocolate por uns dias… Mas querem saber? É pior, muito pior, porque acabo ingerindo muito mais açúcar e gordura que o normal.

Mas então, voltando à balança, claro que eu não curti a maldita combinação de números, ainda mais que eu não estou comendo mais do que o habitual, não mesmo. Entretanto, o que está me preocupando de verdade é essa minha falta de controle com o doce. Será que é uma fase?

Aliás, alguém conhece alguma coisa que iniba o desespero por doce?? Tô falando sério, o caso é grave. Tão grave que hoje mesmo, teve uma hora que abri a despensa e peguei um chocolate, quando lembrei: ih, eu tô é com sede!! Isso mesmo, eu tinha ido  à cozinha pra beber água (coisa rara), mas meu inconsciente me mandou abrir a despensa e pegar um chocolate. É, a culpa é toda do meu inconsciente que me manda comer chocolate até quando eu não quero (ou será que isso é compulsão??).

Dessa vez eu fui forte, devolvi o chocolate, fechei a despensa, bebi minha água e subi toda orgulhosa.

Mas você sabe que você tem problemas quando, na falta do chocolate, você abre uma lata de leite condensado e mistura com ovomaltine, ou então, um pouco pior, quando pega o carro pra ir ao mercado só comprar um “ao leite” (sim, porque dark chocolate não tem açúcar nem gordura suficientes).

Preciso de ajuda profissional. Ou não-profissional. Alguma dica?

One Comment

  1. Eu bem entendo o que voce esta passando, sou exatamente igual em relacao a doce, exceto que a natureza eh muito mais cruel com meu corpitcho. To de dieta mesmo, porque, acredite se quiser, meu BMI deu como OBESA. Agora que perdi 4kg, estou na linha entre obesa e overweight. Ate entao, eu ja aceitava que ia ser gorda mesmo, mas gorda feliz comendo chocolate e leite condensado dia sim, dia nao. Mas rolou o efeito “medo” e ate entao da dando certo.

    Se voce souber de dicas para os seus problemas (sem essa baboseira de “forca de vontade”, come fruta, faz ginastica…), por favor, divida. To querendo mesmo uma dica do tipo: planta milagrosa, a pilula do desaparecimento dos quilos extras, coma doce e elimine gordura dormindo.

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s