the most perfect baby

Olha, eu sei que reclamava muito do nosso baby Nick nos primeiros meses (tá, foi mais do que os primeiros meses), porque o bichinho não dormia mais do que 20 minutos seguidos, me deixando completamente exausta, mas olha, gente, hoje posso dizer que tenho um baby (or should I say toddler?) nota 1000.

Nickitito ainda não fala e todo mundo pra ele é “babaaaaa”, mas o bichinho é esperto como poucos da idade dele (e quando eu comparo com o Vivi, nossa, a diferença é gritante). Ele adora brincar com iPad, e presta especial atenção no alfabeto que mostra os bichos e seus sons. Adora também um outro de apertar os bichinhos, mas o campeão é o gatinho que repete tudo o que ele fala, no caso: babaaaaaaaaa :). Ele morre de rir!

E quando quer ter a fralda trocada? Não interessa se é número 1 ou número 2, ele avisa logo: para pertinho da gente, abre as perninhas, aperta a fralda e avisa “a-a-a” (quando é cocô adiciona a tradicional abanadinha de mão em frente ao nariz fazendo barulhinho de fedido)

Mas isso não é nada, eu fico mesmo impressionada é com a capacidade que o pequeno tem de imitar tudo o que a gente faz e mais, como ele entende e faz tudo o que a gente pede. E a interação dele com outras crianças? Fantástico! Ele brinca de pique-esconde, tampa os olhinhos e “conta até dez” feliz da vida. A coisa mais fofa!

Ele e o Vivi brincam a beça e apesar do big brother reclamar “mas o Nick não fala!” eles se divertem aos montes. O pequeno Nick é super ativo e se comunica muitissimo bem muito embora ainda haja a limitação da fala. Eles jogam juntos no iPad, brincam de pega-pega, de bonecos, carrinho, jogam bola, lots of fun!

E o pequeno Nick até parece um macaquinho de imitaçao, copia expressões faciais, gestos, coreografias e sons. Imita também os bons costumes, tipo: sempre que come, gosta de ter à mão um guardanapo pra limpar a boquinha (a própria e a de quem mais estiver precisando). Quando tem algum lixinho na mão, tipo um papelzinho do bis que acabou de comer :), vai ligeiro até a lixeira, aperta o pedal com o pé e descarta o que não  lhe interessa. Nossa, orgulho da mamãe!

Gente, e como é bonitinho ver o pequeno pedir as coisas. Sabe direitinho se fazer entender, seja quando está com fome, com sede, com sono… quando quer que eu cante uma musiquinha, quando quer a chupeta, ou colinho. Tem um jeitinho especial pra pedir cada coisinha e quando alguém não o entende, ele não perde tempo e vai logo mostrar, abre armário, geladeira, aponta e em última instância grita “á-á-á” (ou mais recentemente: grrrrruuuuu). Um fofolito.

Mas nada disso exemplifica tão bem meu bebê perfeito quanto o que eu vou contar agora: na última sexta, saímos pra jantar com uns amigos e claro as crianças foram também. Os dois molequinhos comportaram-se exemplarmente, mas baby Nick foi além. Depois de brincar com  os lápis cera e colorir de montão, deu uma voltinha pelo restaurante acompanhado do Tio Luciano (que por sinal está super preparado pra ser papai), sentou-se pra comer e quando sentiu o soninho batendo não relutou, encostou a cabecinha na mesa e tcharam!, dormiu! Dormiu antes mesmo que o papai Mauricio pudesse completar a frase (“se esse bebê dormir agora ele ganha o título de bebê perfeito” – e assim foi, ganhou o título com louvor). Gente, vocês tem idéia do que é isso? Eu não tinha. O Vivi sempre foi muito difícil, ainda mais nessa idade do Nick (hoje em dia ele é bonzinho, mas graças aos pais que o mantém em rédeas curtas ;)).

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s