metamorfose ambulante

Não sei como eu ainda me surpreendo comigo quando o assunto é planos/futuro. Tanto eu quanto meu digníssimo mudamos os planos o tempo todo: uma hora a gente decide que vai voltar pros EUA, depois decide que não existe lugar no mundo mais completo que a Austrália, um pouco depois planeja passar uns dois anos na Coréia, pra juntar uma grana e voltar pra Austrália e entre um pensamento e outro ainda bate aquela saudadezinha do meu Rio e da proximidade da família e tal. Mas a verdade é que com todos os nossos planos e mudanças de planos, uma coisa está sempre presente, a Austrália, afinal, alguma consistência se há de ter.

E foi pensando nessa consistência que ao fim desta nossa primeira semana de volta à Melbourne surgiu uma (meio que) mudança de plano.

No momento, confesso, quase que mandei pelos ares o projeto do site e comecei a procurar emprego de arquiteta, mas respirei fundo e decidi não abandonar um barco que nem partiu ainda, simplesmente porque odeio deixar as coisas pelo meio do caminho, abandonar projetos, desistir. Mas que me deu vontade deu, ai, caramba!

O meio termo que encontrei foi o seguinte: me dedicarei pelos próximos 12 meses não só ao site mas também ao processo de validar meu diploma aqui na Austrália (e se necessário for, fazer os cursos necessários). Depois disso, continuo tocando o site, mas volto a trabalhar fora, já que meu plano de vida agora envolve me tornar arquiteta registrada na Austrália e para tanto, devo ter dois anos no mínimo de trabalho supervisionado. Tudo dando certo, após os dois anos, começo a estudar pras provas escrita e oral e com sorte, em mais um ano serei arquiteta registrada, o que me possibilitará trabalhar por conta própria com dignidade :).

Mas porque essa reviravolta nos planos? Há! Eu explico. No fim de semana fomos jantar na casa de uns amigos dos nossos amigos Flavia e Luciano e eles estão construindo a casa deles. Sabem quanto eles pagaram pelo projeto? A bagatele de AU$ 65K. Pô, fala sério, se eu conseguir (na pior das hipóteses) dois porjetos desse por ano, trabalhando do aconchego do meu lar, a gente pode se ocupar de começar a construir a nossa própira casa, tem noção? Mas não, não foi só pelo valor financeiro que meus planos pra 2012 deram uma entortada… Foi porque quando eu peguei aquele rolo de plantas, foi me subindo uma quentura, me dando uma inquietação que, pelamordedeus, fiquei nervosa a ponto de passar a noite em claro. Tudo voltou, toda minha paixão pelo meu trabalho. Esqueci até dos clientes muuuuito maletas que já tive ao longo do meu percurso, que me faziam espumar de raiva quando sugeriam que eles “só precisavam de alguem pra colocar no papel a idéia (torta!) deles”.

Bom, gente é isso, até segunda ordem, o HomeSweetener entra no ar no dia primeiro de abril (and I’m NOT kidding :)) e enquanto eu posto idéias BBB (boas, bonitas e baratas) por lá, vou dando andamento à retomada da minha vida de arquiteta, afinal, não dá pra ignorar o fato de que aqui é o paraíso da arquitetura. Sounds exciting, doesn’t it?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s