bebezuco tem 10 meses!

Nossa, o tempo está realmente voando. Ontem mesmo baby Nick estava empacado dentro da minha nada singela barriga e hoje, puf!, tá aqui ensaiando os primeiros passinhos sem se apoiar, aos 10 meses.

É engraçado como toda aquela preocupação sobre ele não engatinhar desceu pelo ralo, porque, nossa!, o bichinho é um explorador! Anda quando consegue apoio, mas se não der, não faz mal, se coloca nos quatro apoios e sai em disparada. E, gentem, tenho que levantar as mãos pro céu que ele é assim, né? Afinal, é assim que eu mantenho a forma (aham…), correndo atrás do pequeno.

Bebezuquito anda bem falante, mesclando tétété, mamama, bububu… pra não falar dos gritos ensurdecedores que demonstram seus momentos de descontentamento.

É uma graça vê-lo brincando e muitas vezes implicando com o Vivi. Tão pequenininho e tão participativo, tão pingo de gente e tão encrenqueiro. Vivisauro não pode mais brincar sossegado que lá vem Mr. Bebezuco brincar também – leia-se, atrapalhar a brincadeira, desmontar tudo – deixando seu big brother “buzina”, com diz o vovô Fred.

Apesar de toda a implicância que Vivisauro tem que aturar, continua cheio de amores com o irmãozinho. Amores e cuidados. Toda vez que o bichinho se põe a chorar, o Vivi larga o que estiver fazendo em vem ao seu socorro, ora cantando “oh bebezinho não chora”, música de sua autoria, ora com a maletinha do Handy Manny, tocando a irritante musiquinha que o Nick a-do-ra e que o faz parar instantaneamente de chorar. Esse bebê tem muita sorte 🙂

Quem não tem tanta sorte assim é a mãe desse bebê, porque o bonitinho resolveu que acordar 5 vezes por noite é legal  – alguém, por favor, conta pra ele que NÃO é?!?!

Tô exausta, um caco mesmo. O pior é que muitas vezes ele acorda chorando (ou nem acorda!) e não pára se eu não ficar com ele no colinho. Jã tentei levá-lo pra nossa cama, mas acreditem, não adianta! Parece que ele não curte muito a idéia de passar a noite inteira no mesmo lugar e o que acaba acontecendo é que eu passo a noite entre idas e vindas, levando ele pro berço, pra minha cama, pro berço novamente. Tem dado certo, se é que pode-se chamar de “dar certo” acordar várias vezes à noite (toda santa noite) pra atender às manhas do pequeno. Mas vamos que vamos, porque daqui a pouco eu pisco e ele cresceu e como o marido não tá nem um pouco aberto à minha idéia insana de encomendar o terceirinho no fim do ano, em breve não teremos mais um bebê em casa e as noites, se Deus quiser, voltarão a ser tranquilas.

Vamos às fotos comemorativas dos 10 meses 🙂

se vocês vissem o estado das gengivas do pequeno – um montão de dentinhos querendo aparecer ao mesmo tempo…

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s