guess what?

Quem diria, eu, que vivo zoando meu filhotinho menor por conta do exagerado perimetro encefalico, vejam voces, euzinha tambem sou da familia cabecao!

Tah certo, nunca achei que eu tivesse cabecinha, mas tambem nunca me senti cabecuda, ateh porque, nunca tive problema em encontrar chapeu, boina, bone (tamanho medio sempre coube). Tambem nunca tive problema na infancia, nunquinha fui zoada no colegio, e olha que do jeito que eu era magricela, o cabecao certamente saltaria aos olhos, mas nao, nunca ganhei apelido algum (ufa!).

Mas a verdade veio a tona e hoje quando finalmente fomos a consulta com a pediatra (que por sinal eu adorei!), tive minha cabecinha medida e surpresa, surpresa!, soh 2% da populacao tem cabecao maior que o meu! Caraca, muito sinistro! Enfim, aparentemente nao eh soh o papai, ou o vovo Fred que levam a culpa, eu tambem to no hall dos cabecudos.

O engracado foi que antes de ter minha cabeca medida, a Dona Pediatra olhou pra mim, no fundo dos meus olhos e disse assim:

bom, normalmente bebes que tem cabecao sao filhos de pais que tambem tem cabecao…
(Okay, mais direta impossivel) 

E procedeu a medicao, que veio comprovar que, de fato, nao ha com o que se preocupar, o cabecao do baby Nick eh do bom 😉

Agora, dado que a mamae-cabecao aos 3 anos jah sabia “juntar as letrinhas” e que o papai-cabecao tinha “o material do Mauricio” em destaque na turma, espero que o cabecudinho seja bem esperto pra fazer juz  ao espaco ocupado dentro da caixola; a massa cinzenta tem que ser da boa!

Com relacao ao peso, que anda meio estagnado, parece ser normal em breastfed babies, que por volta dos 5, 6 meses haja uma quedinha na curva e que se dentro de uns 3 meses nao voltar pro eixo, aih sim, pode ser algum problema. Mas por hora, nao ha com que me alarmar. Good.

Por ultimo, mas nao menos importante, Dona Pediatra fez todos os testes com o bebezuco e ele passou com louvor em cada qual. O fato dele odiar ficar de barriguinha pra baixo e se recusar a rolar (e quando tenta, fica preso pelo braco, empacado e chorando) eh uma caracteristica pessoal e, segundo ela, pode ser que ele nem venha a engatinhar, porque, acreditem, ele jah segura nas barrinhas do berco pra se levantar. Mas, claro, ela folgou em saber que jah estou levando o pequenino a fisio e acrescentou que o que ele precisa eh de muito exercicio (coisa que a gente jah faz!). Mais uma vez, ficou provado e comprovado que o pequeno eh super alerta, esperto e danadinho e que o fato dele nao querer rolar ou ficar de brucos eh pura preguica, ou preferencia, ou ainda como ela sugeriu (e eu jah havia cogitado) cabeca pesada! =O|

Enfim, Dona Pediatra nao se mostrou nada preocupada e disse que ainda que ele, teimoso que eh, se recuse a cumprir as etapas, mesmo com todo o esforco que venho fazendo, nao eh um big deal, e ela duvida que ele tenha ou venha a ter problemas por causa disso.

Devo dizer que fiquei bem mais tranquila e a minha orelha que residia atras da pulga, agora inverteu a posicao e tem soh uma pulguinha atras dela 🙂

Sigamos com as sessoes tortura, que uma hora a vaca desatola desse brejo 😉

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s